"A nossa palavra pode ser uma pancada ou uma bênção..."

Em nos reportando à indulgência, recorde-se que o verbo pode ser definido em variadas comparações:

A palavra de bondade é uma semente de simpatia.

A frase de acusação é um golpe agravando a ferida que nos propomos curar.

O conceito otimista é luz no caminho.

O grito de cólera é curto-circuito na sistemática das forças em que venha a surgir.

O diálogo construtivo é terapêutica restauradora.

O comentário deprimente é pasto da obsessão.

A nota de esperança é porta de paz.

O conceito pessimista é nuvem enregelante.

A frase calmante é ingrediente de paz.

O verbo agressivo é indução à doença.

Conversando podemos criar saúde ou enfermidade, levantar ou abater, recuperar ou ferir.

A nossa palavra enfim pode ser uma pancada ou uma bênção.

E o uso dessa força que equilibra ou desequilibra, obscurece ou ilumina, ergue ou abate está em nós.


(Do livro "Busca e acharás", Francisco Cândido Xavier,
pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz)

Realização:
Instituto André Luiz
Site Espírita André Luiz

www.institutoandreluiz.org/

Lista Espírita André Luiz (LEAL)

Assinar: ideal_andreluiz-subscribe@yahoogrupos.com.br 
Ou visite: http://br.groups.yahoo.com/group/ideal_andreluiz/

Cancelar Assinatura:
ideal_andreluiz-unsubscribe@yahoogrupos.com.br

Orkut Instituto André Luiz
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=6628694

Orkut Emmanuel (estudo)
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=25073837

Ao repassar nossas mensagens, conserve os créditos, por favor.

"A seara é imensa e os trabalhadores poucos." - Jesus

Veja esta e outras mensagens na página
"Últimas Mensagens Enviadas":

http://www.institutoandreluiz.org/ultimas_enviadas.html